Lion – Uma Jornada para Casa

Boas histórias, sobretudo quando são verídicas, têm sempre um grande potencial de virarem ótimos roteiros. Nem sempre acontece. “Lion – Uma Jornada para Casa” é um exemplo bem-sucedido dessa transposição. O roteiro é adaptado do livro escrito pelo personagem principal, Saroo Brierley, que faz uma narrativa fantástica de um rapaz em busca de suas origens. Saroo é um menino de 5 anos que vive com a mãe analfabeta e seus irmãos em uma miserável zona rural da Índia, em 1986. Sempre colado ao irmão mais velho, Guddu, de presumíveis 13 anos, ele ajuda a mãe carregando pedras em uma pedreira de onde ela tira o suado sustento da casa. Um dia, ele se perde de Guddu numa estação de trem, entra numa composição por engano e, depois de dois dias viajando, termina na superpopulosa Calcutá.

A saga de Saroo na cidade passa pelas ruas e por um orfanato até chegar à Tasmânia, onde o menino é adotado por um casal de australianos, Sue (Nicole Kidman) e John (David Wenham). Vinte anos depois, já na faculdade e com uma vida confortável, Saroo decide, com a ajuda do Google Earth, procurar o local onde morava na infância. Acontece que ele não sabe direito o nome da cidade, nem dos familiares, e não tem grandes referências daquela época. Com o incentivo da namorada, interpretada por Rooney Mara, ele vai atrás de um passado que passa a lhe atormentar.

O filme é dividido em duas partes e, diferente da maioria dos longas do gênero, não usa flashbacks para contar a história. A primeira hora é dedicada à infância de Saroo, com uma interpretação tocante do menino Sunny Pawar. Na segunda parte, entra em cena o ator Dev Patel, que encarna Saroo na idade adulta. A primeira parte é melhor e o diretor Garth Davis não esconde a intenção de nos emocionar – e consegue. O filme cai um pouco depois, mas não perde a qualidade, com ótimas performances de Nicole Kidman, Dev Patel e, principalmente, do pequeno Pawar, que nem sequer fala inglês e decorou suas poucas falas nesse idioma. Sunny Pawar vale pelo filme inteiro. No final, o diretor ainda premia o espectador com imagens reais de Saroo e a família nos dias de hoje.

Assine nossa Newsletter

Arquivos

Philipe Deschamps Written by:

Philipe Deschamps é jornalista, comentarista de esportes e cinema. Tem uma coluna de cinema, todas as sextas-feiras, na Rádio MEC (800 AM), no programa Arte Clube, às 18.45 hs.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.